Logotipo da Coinbase
Entrar

O que é uma criptomoeda?

A pair of hands inserts a digital token into their mobile phone.

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas estão revolucionando o modo como investimos, realizamos transações bancárias e usamos dinheiro. Leia este guia do iniciante para saber mais.

Essencialmente, a criptomoeda é, em geral, dinheiro digital descentralizado, criado para ser usado na internet. O bitcoin, que foi lançado em 2008, foi a primeira criptomoeda e continua a ser, de longe, a mais influente e conhecida. Passada uma década, o bitcoin e outras criptomoedas como o ethereum cresceram como alternativas digitais ao dinheiro emitido por governos.

  • As criptomoedas mais populares por capitalização de mercado são bitcoin, ethereum, bitcoin cash e litecoin. Outras criptomoedas bem conhecidas incluem tezosEOSzcash. Algumas são similares ao bitcoin. Outras são baseadas em diferentes tecnologias ou têm novos recursos que permitem a elas fazer mais do que transferir valores.

  • As criptomoedas tornam possível transferir valores on-line sem a necessidade de intermediários como um banco ou processador de pagamento, permitindo que os valores sejam transferidos globalmente, quase de forma instantânea, 24 horas por dia e com taxas baixas.

  • As criptomoedas normalmente não são emitidas ou controladas por nenhum governo ou outra autoridade central. Elas são gerenciadas por redes “peer-to-peer” de computadores que executam software livre e de código aberto. Em geral, qualquer pessoa que quiser pode participar.

  • Como é possível a criptomoeda ser segura se não há envolvimento de um banco ou governo? É segura porque todas as transações são autorizadas por uma tecnologia chamada blockchain.

  • Uma blockchain de criptomoeda é similar ao balanço ou Livro Razão de um banco. Cada moeda tem sua própria blockchain, que é um registro contínuo e constantemente verificado de cada transação feita usando a moeda.

  • Ao contrário de um Livro Razão, uma blockchain de criptomoeda está distribuída entre todos os participantes da rede daquela moeda digital

  • Nenhuma empresa, país ou terceiro exerce controle sobre ela, e qualquer pessoa pode participar. A blockchain é uma tecnologia revolucionária que só foi possível devido a décadas de inovações na ciência da computação e na matemática.

Acima de tudo, as criptomoedas permitem aos indivíduos assumir o controle total de seus ativos.

Visão sobre o futuro das criptomoedas, por Brian Armstrong, CEO da Coinbase

Conceitos-chave

Capacidade de transferência As criptomoedas tornam a realização de transações com pessoas no outro lado do planeta tão simples quanto pagar com dinheiro em sua padaria local.

Privacidade Ao pagar com criptomoeda, você não precisa fornecer informações pessoais desnecessárias ao estabelecimento comercial. Isso significa que suas informações financeiras estão protegidas contra o compartilhamento com terceiros, como bancos, serviços de pagamento, anunciantes e agências de classificação de crédito. E, como não é preciso enviar informações sigilosas pela internet, há baixíssimo risco de que suas informações financeiras sejam comprometidas ou sua identidade roubada.

Segurança Quase todas as criptomoedas, incluindo bitcoin, ethereum, tezos e bitcoin cash, são protegidas utilizando uma tecnologia chamada blockchain, que é constantemente conferida e verificada por uma enorme capacidade computacional.

Portabilidade Como suas participações em criptomoedas não são vinculadas a uma instituição financeira ou governo, elas estão disponíveis para você em qualquer lugar do mundo e independentemente do que acontecer a qualquer um dos principais intermediários do sistema financeiro global.

Transparência Cada transação nas redes Bitcoin, Ethereum, Tezos e Bitcoin Cash são publicadas de forma pública, sem exceção. Isso significa que não há espaço para manipulação de transações, alteração da oferta de dinheiro ou mudança inadvertida das regras.

Irreversibilidade Ao contrário de pagamentos com cartão de crédito, não é possível reverter pagamentos com criptomoedas. Para os estabelecimentos comerciais, isso reduz consideravelmente a probabilidade de fraude. Para os clientes, há o potencial de tornar o comércio mais barato ao eliminar uma das principais justificativas usadas pelas empresas de cartão de crédito para suas elevadas taxas de processamento.

Segurança A rede que impulsiona o bitcoin nunca foi hackeada. Além disso, os conceitos fundamentais que norteiam as criptomoedas ajudam a torná-las seguras: os sistemas não precisam de permissões e o software principal é de código aberto, de forma que cientistas da computação e criptógrafos podem examinar todos os aspectos das redes e sua segurança.

Por que as criptomoedas são o futuro das finanças?

As criptomoedas são a principal alternativa ao sistema bancário tradicional e apresentam grandes vantagens em relação a formas de pagamento anteriores e classes de ativos tradicionais. Pense nelas como o Dinheiro 2.0. Ou seja, um novo tipo de dinheiro que é nativo da internet, com o potencial de ser a maneira mais rápida, simples, barata, segura e universal de trocar valores que o mundo já viu.

  • As criptomoedas podem ser usadas para adquirir produtos ou serviços ou mantidas como parte de uma estratégia de investimento, mas não podem ser manipuladas por nenhuma autoridade central, simplesmente porque não há uma. Não importa o que aconteça com qualquer governo, sua criptomoeda permanecerá segura.

  • Moedas digitais proporcionam igualdade de oportunidades, não importando onde você nasceu ou onde vive. Desde que tenha um smartphone ou outro dispositivo conectado à internet, você tem o mesmo acesso a criptomoedas que qualquer outra pessoa.

  • As criptomoedas criam oportunidades únicas para expandir a liberdade econômica das pessoas em todo o mundo. Característica essencial das moedas digitais, a ausência de fronteiras facilita o livre comércio, mesmo em países com rígidos controles governamentais sobre as finanças dos cidadãos. Em locais onde a inflação é um grande problema, as criptomoedas podem ser uma alternativa às moedas correntes disfuncionais para poupança e pagamentos.

  • Como parte de uma estratégia de investimento mais ampla, as criptomoedas podem ser empregadas de diversas maneiras. Uma delas é a compra e a manutenção de moedas como bitcoin, que começou sem valor algum e chegou a custar milhares de dólares por moeda. Outra estratégia mais ativa é a compra e venda de criptomoedas voláteis.

  • Uma opção para investidores curiosos sobre criptomoedas que buscam minimizar os riscos é o USD Coin, que é indexado ao valor do dólar norte-americano numa proporção de 1:1. Ele oferece os benefícios das criptomoedas, incluindo a capacidade de transferir dinheiro para o exterior de forma rápida e barata, com a estabilidade de uma moeda tradicional. Os clientes da Coinbase que mantêm USDC ganham recompensas, o que torna a moeda uma alternativa atraente a uma conta-poupança tradicional.

As moedas digitais proporcionam igualdade de oportunidade, independentemente de onde você nasceu ou de onde vive.

Por que investir em criptomoedas?

Com bolsas online como a Coinbase, é fácil, seguro e gratificante comprar e vender criptomoedas.

  • Demora apenas alguns minutos para criar uma conta segura, e é possível comprar criptomoedas usando seu cartão de débito ou conta bancária.

  • Como é possível adquirir criptomoedas fracionadas, você pode comprar o valor que quiser. Por exemplo, é possível comprar US$ 25,00 em Bitcoin.

  • Várias moedas digitais, incluindo USD Coin e Tezos, permitem aos títulares ganhar recompensas apenas por mantê-las.

  • Na Coinbase, você pode ganhar 1% de juros compostos. Isso é muito mais do que a maioria das contas-poupança tradicionais.

  • Você também pode ganhar até 5% de rendimento anual ao fazer staking de Tezos na Coinbase. Saiba mais sobre recompensas de staking de Tezos.

  • Ao contrários de ações ou títulos, você pode transferir com facilidade suas criptomoedas para qualquer pessoa ou pagar por produtos e serviços com elas.

  • Milhões de pessoas possuem bitcoin e outras moedas digitais como parte de suas carteiras de investimento.

O que é uma stablecoin?

O USD Coin é um exemplo das criptomoedas chamadas de stablecoins. Você pode pensar nelas como “criptodólares”: elas são criadas para minimizar a volatilidade e maximizar a utilidade. Stablecoins oferecem alguns dos melhores atributos das criptomoedas (transações globais simplificadas, segurança e privacidade) com a estabilidade de cotação das moedas correntes.

  • Elas conseguem fazer isso ao indexar seu valor a um fator externo, normalmente uma moeda corrente como o dólar norte-americano ou uma commodity como o ouro.

  • Por isso, suas cotações têm menos probabilidade de mudar significativamente de um dia para o outro. Essa estabilidade pode aumentar o uso corrente dessas moedas como dinheiro, pois compradores e estabelecimentos comerciais podem confiar que o valor da transação continuará relativamente consistente ao longo de um período mais longo.

  • Stablecoins também podem funcionar como uma maneira segura e estável de poupar dinheiro, como uma conta-poupança tradicional.

Pergunta principal

Qual é o futuro das criptomoedas?

Especialistas costumam falar sobre como as criptomoedas podem fornecer soluções para as deficiências do nosso sistema financeiro atual. Taxas elevadas, roubo de identidade e desigualdade econômica extrema são aspectos lamentáveis do nosso sistema financeiro corrente. São também problemas que as criptomoedas podem resolver. A tecnologia que alimenta as moedas digitais também tem enorme potencial para além do setor financeiro, desde a revolução das cadeias de suprimento até a criação de uma Internet nova e descentralizada.

Como as criptomoedas funcionam?

O bitcoin é a primeira criptomoeda e a mais conhecida, mas há milhares de outros tipos. Várias, como o litecoin e o bitcoin cash, compartilham as principais características do bitcoin, mas desenvolveram novas maneiras de processar transações. Outras oferecem uma gama mais ampla de recursos. O ethereum, por exemplo, pode ser usado para executar aplicativos e criar contratos. No entanto, todas as quatro são baseadas em um conceito chamado blockchain, que é essencial para entender o funcionamento das criptomoedas.

  • Basicamente, uma blockchain é uma lista de transações que qualquer pessoa pode visualizar e verificar. Por exemplo, a blockchain do Bitcoin é um registro de todas as vezes que alguém envia ou recebe Bitcoin. Essa lista de transações é fundamental para a maioria das criptomoedas, pois permite que pagamentos seguros sejam feitos entre pessoas que não se conhecem, sem precisar passar por um verificador de terceiros, como um banco.

  • A tecnologia blockchain também é empolgante porque seus vários usos vão além das criptomoedas. As blockchains estão sendo usadas para viabilizar pesquisas médicas, melhorar o compartilhamento de registros médicos, simplificar cadeias de suprimentos, aumentar a privacidade na internet e muito mais.

  • Os princípios que regem o bitcoin e a blockchain do bitcoin emergiram pela primeira vez em um whitepaper publicado, no fim de 2007, , por uma pessoa ou grupo que se apresentou como Satoshi Nakamoto.

  • O Livro Razão da blockchain é divido entre todos os computadores na rede, que estão constantemente verificando a exatidão da blockchain. Isso significa que não há um cofre, entidade ou banco de dados central que pode ser hackeado, roubado ou manipulado.

Conceito-chave

Criptomoedas usam uma tecnologia chamada criptografia de chave pública e privada para transferir a propriedade de moedas em um Livro Razão seguro e distribuído. Uma chave privada é uma senha de alta segurança que nunca deve ser compartilhada com ninguém e por meio da qual você pode enviar valores pela rede. A chave pública associada à chave privada pode ser compartilhada livremente e de forma segura com outras pessoas para receber valores pela rede. Vale destacar que é impossível alguém adivinhar sua chave privada por meio da chave pública.

O que é mineração de criptomoedas?

A maioria das criptomoedas é "minerada" por meio de uma rede descentralizada (também conhecida como “peer-to-peer”) de computadores. Contudo, a mineração não gera apenas mais bitcoin ou ethereum. É também o mecanismo que atualiza e protege a rede ao verificar constantemente o Livro Razão público da blockchain e adicionar novas transações.

  • Tecnicamente, qualquer pessoa com um computador e uma conexão de Internet pode se tornar um minerador. Mas antes de se empolgar, é importante saber que minerar nem sempre é lucrativo. Dependendo da criptomoeda que está minerando, da velocidade do seu computador e do custo da eletricidade em sua região, você pode acabar gastando mais do que o valor minerado em criptomoeda.

  • Por esse motivo, a maior parte da mineração de criptomoedas atualmente é realizada por empresas especializadas ou por grandes grupos de indivíduos que contribuem com sua capacidade computacional.

  • Como a rede incentiva os mineradores a participar na manutenção da blockchain? Mais uma vez tomando o Bitcoin como exemplo, a rede possui uma loteria na qual todas a plataformas de mineração ao redor do mundo competem para ser a primeira a resolver um problema matemático, que também verifica e atualiza a blockchain com novas transações. Cada vencedor é premiado com um novo Bitcoin, que assim segue seu caminho para o mercado mais amplo.

Pergunta principal

Qual é a origem do valor atribuído às criptomoedas?

O valor econômico das criptomoedas, assim como o de todos os bens e serviços, vem da oferta e da demanda.

Oferta refere-se à quantidade disponível, ou seja, quantos Bitcoins estão ao dispor para compra em um dado momento. Demanda refere-se à disposição de compra das pessoas, ou seja, quantas pessoas desejam comprar Bitcoin e quão forte é esse impulso. O valor de uma criptomoeda sempre será um equilíbrio desses dois fatores.

Também há outros tipos de valor. Por exemplo, há o valor que você obtém ao usar uma criptomoeda. Várias pessoas gostam de gastar ou presentear com criptomoedas. Para elas, apoiar um novo e empolgante sistema financeiro é motivo de grande orgulho. Da mesma forma, algumas pessoas gostam de comprar com Bitcoin porque podem aproveitar taxas mais baixas e desejam incentivar as empresas a aceitá-lo.

Como comprar Bitcoin e outras criptomoedas

A maneira mais fácil de adquirir criptomoedas é comprar em uma bolsa virtual como a Coinbase.

  • Na Coinbase, você pode comprar as principais criptomoedas, como

    bitcoin (BTC)litecoin (LTC)ethereum (ETH)bitcoin cash (BCH)ethereum classic (ETC). Você também pode conhecer moedas emergentes, como stellar lumens e EOS. Vale destacar que a Coinbase oferece oportunidades para ganhar algumas criptomoedas gratuitamente.

  • Uma boa abordagem é perguntar a si mesmo o que pretende fazer com a criptomoeda e escolher a moeda que ajudará você a alcançar seus objetivos. Por exemplo, se você quer comprar um laptop com criptomoedas, o Bitcoin pode ser uma boa opção porque é a criptomoeda mais amplamente aceita. Por outro lado, se você quer jogar um jogo de cartas digital, o Ethereum é a escolha mais popular.

  • Lembre-se de que você não precisa comprar uma moeda inteira. Na Coinbase, você pode comprar frações de moedas em incrementos que podem ser de apenas 2 dólares, euros, libras ou sua moeda local.

Como você armazena criptomoedas?

Guardar criptomoeda é igual a guardar dinheiro. Isso significa que você precisa protegê-la contra roubo e perda. Há várias maneiras on-line e off-line de armazenar criptomoeda, mas a maneira mais simples é por meio de uma bolsa segura e confiável como a Coinbase.

  • Os clientes da Coinbase podem armazenar, enviar, receber e converter criptomoedas com segurança ao acessar a conta em um computador, tablet ou smartphone.

  • Deseja transferir dinheiro da sua carteira para uma conta bancária? O app da Coinbase faz com que isso seja tão fácil quanto transferir fundos de um banco para outro. Assim como transferências bancárias ou saques em caixas eletrônicos convencionais, bolsas como a Coinbase definem um limite diário. Além disso, a conclusão da transação pode demorar de alguns dias a uma semana.

O que você pode fazer com a criptomoeda?

Há uma ampla variedade de coisas que você pode fazer com criptomoedas, e a lista aumenta todos os dias. Aqui estão algumas maneiras de começar, que vão da participação em atividades cotidianas à exploração de novas fronteiras tecnológicas:

  • Fazer compras: mais de 8.000 estabelecimentos comerciais globais aceitam criptomoedas por meio do Coinbase Commerce.

  • Doe para causashá benefícios para a doação e recebimento de criptomoedas, e várias organizações sem fins lucrativos já aceitam doações em bitcoin.

  • Dê de presente: criptomoedas são ótimos presentes para amigos e familiares interessados em aprender sobre novas tecnologias.

  • Dê como gorjeta: escritores, músicos e outros criadores de conteúdo on-line às vezes deixam endereços Bitcoin ou códigos QR no fim de suas publicações. Se você gostar do trabalho deles, pode dar um pouco de criptomoeda como agradecimento.

  • Conheça novas fusões entre dinheiro e tecnologia: além de uma moeda digital, o Orchid é uma VPN, que protege o usuário da internet. Basicamente, ele é dividido em duas partes, o app Orchid VPN e a criptomoeda OXT, e é executado na rede Ethereum. Achou interessante? Leia mais aqui.

  • Viaje pelo mundo: como as criptomoedas não estão vinculadas a um país específico, levá-las em suas viagens pode reduzir as taxas de câmbio. Já existe uma comunidade pequena, mas próspera, dos chamados "criptonômades", pessoas que utilizam criptomoedas como o principal ou, até mesmo, único recurso quando viajam.

  • Compre propriedades em um jogo virtual: Decentraland, que também é executado na blockchain do Ethereum, é o primeiro mundo virtual que pertence totalmente aos seus usuários. Os usuários podem comprar e vender terrenos, roupas de avatares e todos os tipos de coisas enquanto se divertem em clubes noturnos digitais ou se reúnem em galerias de arte virtuais.

  • Conheça as finanças descentralizadas (DeFi): vários novos atores estão buscando recriar todo o sistema financeiro global, desde investimentos semelhantes a fundos mútuos a mecanismos de empréstimos e além, sem nenhuma autoridade central.

Compre bitcoin em questão de minutos

Comece com apenas US$ 25 e pague com sua conta bancária ou cartão de débito.