Logótipo da Coinbase
Iniciar sessão

O que é o Bitcoin?

Uma mão a segurar no logótipo Bitcoin, para demonstrar as transações peer-to-peer seguras.

A primeira criptomoeda vastamente adotada no mundo. Com o Bitcoin, as pessoas podem enviar de forma segura e direta dinheiro digital na internet.

Bitcoin foi criado por Satoshi Nakamoto, um pseudónimo para a pessoa ou equipa que criou a tecnologia num livro branco de 2008. É um conceito muito simples: bitcoin é dinheiro digital que permite transações peer-to-peer seguras na internet.

  • Ao contrário dos serviços como Venmo e PayPal, que dependem do tradicional sistema financeiro para autorização para transferir dinheiro e das contas de débito/crédito existentes, o bitcoin é descentralizado: quaisquer duas pessoas, em qualquer parte do mundo, podem enviar bitcoin uma para a outra sem o envolvimento de um banco, governo ou outra instituição.

  • Todas as transações que envolvam Bitcoin são monitorizadas no blockchain, que é semelhante ao livro razão de um banco ou registo dos fundos dos clientes que entram e saem do banco. Em termos simples, é um registo de todas as transações feitas com bitcoin.

  • Ao contrário do livro razão de um banco, o blockchain Bitcoin é distribuído por toda a rede. Nenhuma empresa, país ou terceiros o controla; e qualquer pessoa pode fazer parte dessa rede.

  • Só haverá 21 milhões de bitcoin. Isto é dinheiro digital que não pode ser inflacionado ou manipulado.

  • Não é necessário comprar um bitcoin inteiro: pode comprar apenas uma fração de um se for o que pretende ou necessita.

Questões-chave

O que é BTC?

BTC é a abreviatura de bitcoin.

Bitcoin é uma criptomoeda?

Sim, bitcoin é a primeira criptomoeda vastamente adotada, que é apenas outra forma de dizer dinheiro digital.

Existe uma definição simples de bitcoin?

Bitcoin é dinheiro digital que permite transações peer-to-peer seguras na internet.

Qual é o preço do bitcoin?

O atual preço de Bitcoin encontra-se no website da Coinbase.

O Bitcoin é uma oportunidade de investimento?

Tal como qualquer outro ativo, pode fazer dinheiro comprando BTC baixo e vendendo alto ou perder dinheiro no cenário inverso.

A que preço começou o Bitcoin?

Um BTC foi avaliado a uma fração de um centavo dos EUA no início de 2010. Durante o primeiro trimestre de 2011, excedeu um dólar. No final de 2017, o valor disparou, atingindo quase $20.000. Pode acompanhar o preço do bitcoin aqui.

Bitcoin é dinheiro digital que permite realizar transações peer-to-peer seguras na internet

O que é Bitcoin? Por parte do CEO da Coinbase, Brian Armstrong Compre o seu primeiro Bitcoin com apenas 25 USD Começar

Noções básicas de Bitcoin

Desde a criação do Bitcoin, foram lançadas milhares de novas criptomoedas, mas o bitcoin (abreviado como BTC) permanece a maior em termos de capitalização de mercado e volume de negócios.

  • Consoante os objetivos, o bitcoin pode funcionar como

- um meio de investimento

- uma reserva de valor semelhante ao ouro

- uma forma de transferir valor por todo o mundo

- apenas uma forma de explorar uma tecnologia emergente

  • Bitcoin é uma moeda nativa da internet. Ao contrário das moedas emitidas por governos, tais como o dólar ou euro, o Bitcoin permite transferências online sem um intermediário, tal como um banco ou processador de pagamento. A renovação desses guardiões cria toda uma gama de novas possibilidades, incluindo o potencial para movimentar dinheiro pela internet de forma rápida e mais barata e permitindo às pessoas ter controlo máximo sobre os seus próprios ativos.

  • Bitcoin é legal de utilizar, reter e negociar e pode ser gasto em tudo, desde viagens a donativos. É aceite como pagamento por empresas como a Microsoft e Expedia.

  • Bitcoin é dinheiro? Tem sido utilizado como um meio de troca, uma reserva de valor e uma unidade de conta—que são todas propriedades do dinheiro. Entretanto, se apenas existir digitalmente; não existe versão física.

Quem criou o Bitcoin?

Para perceber verdadeiramente como o bitcoin funciona, ajuda começar do início. A pergunta de quem criou o bitcoin é fascinante, porque uma década após inventar a tecnologia—e apesar de muita investigação por parte de jornalistas e membros da comunidade de criptomoedas—o seu criador permanece anónimo.

  • Os princípios por trás do Bitcoin apareceram primeiro num livro branco publicado online no final de 2008 por uma pessoa ou grupo denominado Satoshi Nakamoto.

  • Este livro branco não foi a primeira ideia para dinheiro digital nas áreas da criptomoeda e ciência da computação—na verdade, o livro branco é referente a conceitos anteriores—mas foi uma solução particularmente elegante para o problema de estabelecer confiança entre diferentes entidades online, na qual as pessoas podem estar escondidas (tal como o próprio criador do bitcoin) atrás de pseudónimos ou situadas no outro lado do planeta.

  • Nakamoto dividiu um par de conceitos interligados: a chave privada do bitcoin e o livro razão do blockchain. Quando retém bitcoin, controla-o através de uma chave privada—uma sequência de números e letras aleatórios que desbloqueia um cofre virtual contendo a sua compra. Cada chave privada é monitorizada no livro razão virtual denominado blockchain.

Quando Bitcoin surgiu pela primeira vez, assinalou um grande avanço na ciência da computação, porque resolveu um problema fundamental do comércio na internet: como se transfere valor entre duas pessoas sem um intermediário fidedigno (como um banco)? Ao resolver esse problema, a invenção do bitcoin tem ramificações abrangentes: enquanto moeda criada para a internet, permite transações financeiras além-fronteiras e em todo o mundo sem o envolvimento de bancos, empresas de cartões de crédito, credores ou até governos. Quando duas pessoas—onde quer que vivam—podem enviar pagamentos uma para a outra sem lidar com estes guardiões, cria o potencial para um sistema financeiro aberto que é mais eficiente, mais livre e mais inovador. Isso, resumidamente, é o bitcoin.

Bitcoin cria o potencial para um sistema financeiro aberto que é mais eficiente, mais livre e mais inovador.

Como funciona o Bitcoin

Ao contrário das redes de cartões de crédito, tais como Visa e processadores de pagamento, tais como Paypal, o bitcoin não é detido por uma pessoa ou empresa. O Bitcoin é a primeira rede de pagamento completamente aberta no mundo na qual qualquer pessoa com ligação à internet pode participar. O Bitcoin foi criado para ser utilizado na internet e não depende de bancos ou empresas privadas para processar transações.

Um dos elementos mais importantes do Bitcoin é o blockchain, que monitoriza quem detém o quê, tal como um banco monitoriza ativos. O que distingue o blockchain de Bitcoin do livro razão de um banco é que é descentralizado, ou seja, qualquer pessoa pode vê-lo e nenhuma entidade o controla.

Eis alguns detalhes sobre como funciona:

  • Os computadores especializados, conhecidos como "plataformas de mineração" efetuam as equações necessárias para verificar e registar uma nova transação. Nos primeiros dias, um PC normal foi suficientemente avançado para participar, o que permitiu que qualquer pessoa suficientemente curiosa experimentasse efetuar mineração. Atualmente, os computadores necessários são enormes, especializados e, muitas vezes, detidos por empresas ou várias pessoas que unem os seus recursos. (Em outubro de 2019, foi necessária uma capacidade computacional 12 triliões maior para minerar um bitcoin do que quando Nakamoto minerou os primeiros blocos em janeiro de 2009.)

  • A capacidade computacional coletiva dos mineradores é utilizada para garantir a precisão do crescente livro razão. Bitcoin está inextricavelmente associado ao blockchain; cada bitcoin novo é registado no blockchain, tal como cada transação seguinte com todas as moedas existentes.

  • Como é que a rede motiva os mineradores a participar no trabalho constante e essencial de manutenção do blockchain—verificando as transações? A rede de Bitcoin tem uma lotaria contínua na qual todas as plataformas de mineração de todo o mundo competem para serem a primeira a resolver um problema de matemática. A cada 10 minutos encontra-se um vencedor e o vencedor atualiza o livro razão do Bitcoin com as novas transações. O prémio muda com o tempo, mas desde o início de 2020, cada vencedor deste sorteio recebeu 12,5 bitcoins.

  • No início, um bitcoin não tinha valor. No final de 2019, estava a ser negociado a cerca de $7.500. À medida que o valor do bitcoin aumentou, a simples divisibilidade (a capacidade de comprar uma pequena fração de um bitcoin) tornou-se um importante atributo. Atualmente, um bitcoin é divisível por oito casas decimais (100 milionésimos de um bitcoin); a comunidade de bitcoin refere-se à unidade mais pequena como "Satoshi".

  • Nakamoto configurou a rede para que o número de bitcoin nunca exceda os 21 milhões, garantindo a escassez. Atualmente, existem cerca de 3 milhões de bitcoin disponíveis para mineração, o que vai acontecer cada vez mais lentamente. Os últimos blocos vão, teoricamente, ser minerados em 2140.

As criptomoedas e moedas tradicionais partilham algumas características — tais como a forma como pode utilizá-las para comprar produtos ou como pode transferi-las eletronicamente — mas também são diferentes de formas interessantes. Eis alguns destaques.

O Bitcoin é a primeira rede de pagamento completamente aberta no mundo na qual qualquer pessoa com ligação à internet pode participar.

Questão-chave

Como é que o bitcoin tem valor?

Essencialmente, da mesma forma que uma moeda tradicional – porque provou ser uma forma viável e conveniente de armazenar valor, o que significa que pode ser facilmente negociada para bens, serviços ou outros ativos. É escasso, seguro, portátil (em comparação com o ouro) e facilmente divisível, permitindo transações de todas as dimensões.

Como obter Bitcoin

A forma mais fácil de comprar bitcoin é através de uma bolsa online, tal como a Coinbase. A Coinbase torna fácil comprar, vender, enviar, receber e armazenar bitcoin sem necessitar de o reter através de algo denominado chaves públicas e privadas.

Como comprar bitcoin, com o CEO da Coinbase, Brian Armstrong

No entanto, se decidir comprar e armazenar bitcoin fora de uma bolsa online, eis como funciona.

  1. Cada pessoa que adere à rede bitcoin recebe uma chave pública, que é uma longa sequência de letras e números que pode pensar como sendo um endereço de e-mail e uma chave privada, que é o equivalente a uma palavra-passe.

  2. Quando compra bitcoin —ou envia/recebe—recebe uma chave pública, que pode pensar como sendo uma chave que desbloqueia um cofre virtual e fornece-lhe acesso ao seu dinheiro.

  3. Qualquer pessoa pode enviar bitcoin para si através da chave pública, mas apenas o titular da chave privada pode aceder ao bitcoin no "cofre virtual" assim que for enviado.

  4. Existem muitas formas de armazenar bitcoin, online e offline. A solução mais simples é uma carteira virtual.

  5. Se pretender transferir dinheiro da sua carteira para uma conta bancária após vender o seu bitcoin, a aplicação da Coinbase faz com que seja tão fácil como transferir fundos de um banco para outro. Semelhantes às transferências bancárias convencionais ou levantamentos no multibanco, as bolsas como a Coinbase definem um limite diário e poderá demorar alguns dias ou uma semana até a transação estar concluída.

A forma mais fácil de comprar bitcoin é através de uma bolsa online, tal como a Coinbase.

Questão-chave

Qual é a diferença entre Bitcoin e Blockchain?

Todas as transações bitcoin e chaves públicas num livro razão virtual denominado blockchain. O livro razão é efetivamente uma lista cronológica das transações. O livro razão é copiado—exatamente—em todos os computadores ligados à rede bitcoin e é constantemente verificado e protegido através de uma ampla capacidade computacional em todo o mundo. O conceito de blockchain revelou ser avançado e adaptável e existem vários blockchains não relacionados com criptomoedas que são utilizados para tarefas como gestão de cadeia de abastecimento. O "Bitcoin Blockchain" refere-se especificamente ao livro razão virtual que regista transações de bitcoin e chaves privadas.

Como utilizar o Bitcoin

Em 2013, um entusiasta do bitcoin chamado Laszlo Hanyecz criou uma publicação no quadro de mensagens a oferecer 10.000 BTC – que na altura tinham um valor de $25 – para qualquer pessoa que entregasse duas pizas em sua casa em Jacksonville, Florida. Segundo a lenda, essas duas pizas, que outro dos pioneiros do bitcoin comprou num Papa John's local assinalou a primeira compra com sucesso de bens não virtuais com bitcoin. Felizmente, hoje em dia é muito mais fácil utilizar bitcoin!

  • É simples: as transações com BTC não são diferentes das transações com um cartão de crédito ou de débito, mas em vez de lhe ser pedido que insira os dados do cartão, vai simplesmente inserir a quantia de pagamento e a chave pública do fornecedor (semelhante a um endereço de e-mail) através de uma aplicação de carteira. (Ao efetuar transações pessoalmente através de smartphones ou tablets, vai surgir um código QR para simplificar o processo – quando digitaliza o código, a aplicação da carteira vai inserir automaticamente as informações pertinentes.)

  • É privado: um dos benefícios de pagar com bitcoin é que ao fazê-lo limita as informações pessoais que necessita de indicar. A única vez que necessita de partilhar o seu nome e endereço é se estiver a comprar bens físicos que necessitam de ser enviados.

  • É flexível: quanto ao que deve fazer com o seu bitcoin, isso depende por completo dos seus interesses pessoais. Eis algumas ideias:

    • Pode vendê-lo por dinheiro através de uma bolsa ou um multibanco Bitcoin.

    • Pode gastá-lo online ou em lojas físicas tal como com qualquer outra moeda utilizando um cartão de débito Bitcoin.

    • Pode guardar algum ou todo como parte da sua estratégia de investimento e poupanças.

    • Poderá optar por algo que gosta (consulte).

    • E se tiver um orçamento sério e sonhos de astronauta não realizados? A Virgin Galactic de Richard Branson aceita BTC em troca da oportunidade de descolar numa das suas futuras missões de turismo espacial.

Devido à natureza criptográfica da rede de Bitcoin, os pagamentos em bitcoin são fundamentalmente mais seguros do que as transações de cartão de débito/crédito.

O que faz de bitcoin um novo tipo de dinheiro?

Bitcoin é global. Pode enviá-lo para todo o mundo tão facilmente como pagar com dinheiro no mundo físico. Não fecha aos fim-de-semana, não cobra uma taxa para aceder ao seu dinheiro e não impõe quaisquer limites arbitrários.

Bitcoin é irreversível. Bitcoin é como dinheiro, no sentido de que as transações não podem ser revertidas pelo remetente. Em comparação, os cartões de crédito, sistemas de pagamento online convencionais e as transações bancárias podem ser revertidas após o pagamento ter sido efetuado—por vezes, meses após a transação inicial—devido aos intermediários centralizados que concluem as transações. Isto cria um maior risco de fraude para os negociantes, que pode resultar em taxas mais elevadas de utilização de cartões de crédito.

Bitcoin é privado. Ao pagar com bitcoin, não existem declarações bancárias ou qualquer necessidade de fornecer informações pessoais desnecessárias ao negociante. As transações de bitcoin não contêm informações de identificação que não os endereços de bitcoin e os valores envolvidos.

Bitcoin é seguro. Devido à natureza criptográfica da rede de Bitcoin, os pagamentos em bitcoin são fundamentalmente mais seguros do que as transações de cartão de débito/crédito. Ao efetuar um pagamento bitcoin, não é necessário enviar quaisquer informações confidenciais pela internet. Existe um risco muito baixo de as informações financeiras serem comprometidas ou da sua identidade ser roubada.

Bitcoin é aberto. Cada transação na rede Bitcoin é publicada publicamente, sem exceção. Isto significa que não há espaço para manipulação das transações (exceto em caso de um cenário de ataque de 51% altamente improvável) ou alteração do fornecimento de bitcoin. O software que constitui o núcleo do Bitcoin é gratuito e de código aberto para que qualquer pessoa possa analisar o código.

Bitcoin é seguro. Em mais de dez anos de existência, a rede de bitcoin nunca foi pirateada com sucesso. E uma vez que o sistema não necessita de autorização e é de código aberto, inúmeros cientistas de computação e criptógrafos puderam examinar todos os aspetos da rede e respetiva segurança.

Qual é a proveniência do Bitcoin?

Bitcoin é praticamente "extraído" por uma rede vasta e descentralizada (também conhecida como "peer-to-peer") de computadores que estão constantemente a verificar e a proteger a precisão do blockchain. Todas as transações de bitcoin são refletidas no livro razão, com novas informações recolhidas periodicamente num "bloco", que é adicionado a todos os blocos anteriores.

Compre Bitcoin em apenas alguns minutos

Comece com tão pouco quanto $25 e pague com a sua conta bancária ou cartão de débito.